sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Que as cortinas sejam abertas! - Parte 2/4

Analisando o tricolor das Laranjeiras

- O atual elenco do Fluminense é ótimo. Vou desde já evitando comparações com o time da Libertadores ( restaram apenas Fernado Henrique, Luiz Alberto e Conca, dos titulares ), mas o sistema defensivo do tricolor será fortíssimo. Edcarlos é um ótimo zagueiro e fara excelente dupla com o capitão Luiz Alberto. Lembro até hoje quando Luiz Alberto disse que nem percebeu como foi parar nas Laranjeiras. Como é o destino. Hoje ele é sem sombras de dúvidas o líder do time. O lateral-esquerdo Leandro briga atualmente com Juan do Flamengo para saber quem é o melhor da posição. A quantidade de assistências que ele tem na bagagem é uma enormidade. Justamente contra o tricolor carioca, pelo primeiro turno do Brasileirão de 2008, ele teve uma atuação soberba, mostrando toda sua qualidade ofensiva. O improviso da lateral-direita não é falta de opção. Wellington Monteiro jogou muito bem nesta posição nos últimos jogos do ano passado.

- Como é impressionante o futebol brasileiro. O único ponto positivo desta lei de Darwin onde os europeus ( mais fortes ) destroem nosso futebol ( mais fraco ), é o espaço que existe para o surgimento de novos valores a cada ano. Só em 2009 René Simões tem 3 pedras preciosas para transformar em jogadores de alto nível. Todos na linha de frente. Alan, Maicon e Tartá. Destes, o Maicon é o que mais me agradou até agora, com movimentação e qualidade técnica destacadas.

- Não é novidade para os que me conhecem, minha idolatria por Leandro Amaral. Mas desde sua saída do Fluminense e retorno ao Vasco que ele perdeu muitos pontos em minha opinião. Jogando um futebol muito abaixo do nível que pode e reclamando do mundo inteiro a cada entrevista que dava, foi sim um dos responsáveis pela queda do Vasco. Sua vontade, agora realizada, era estar no Fluminense. Se voltar a mostrar aquele futebol digno de jogar em qualquer posiçao do ataque ( ponta, segundo atacante ou centroavante ), com velocidade e ótima finalização, receberá uma vez mais meus aplausos. E os de toda torcida tricolor.

- Sem levar em consideração a jogada genial de marketing que foi Ronaldo no Corinthians, a contratação de Diguinho pelo Fluminense foi, junto com a de Washington pelo São Paulo ( retirado do próprio tricolor carioca ), a melhor aquisição até agora no futebol brasileiro. O, em minha opinião, volante da seleção do último Brasileirão jogou muito durante todo ano de 2008. Diguinho é capaz de jogar, com a mesma qualidade de primeiro ou segundo homem de meio-campo e acredito irá manter o nível, ou até evoluir, jogando pelo tricolor.

- Em 2009 o universo tricolor terá em Conca o seu sol. Todos vão girar em torno dele e sua liderança técnica será inquestionável. Leandro pode começar a se preparar, pois não existe no Brasil um meia que utilize tanto os laterais como o argentino, e esta faixa esquerda será fortíssima. Acredito que Alex ( Internacional ) e Hernanes ( São Paulo ) terão, este ano, um rival fortíssimo na briga pelo posto de número 1 do país.

Se eu fosse René Simões:

Luiz Alberto, Leandro, Diguinho, Conca e Leandro Amaral. Este quinteto pode se tornar uma bela espinha dorsal não? Armaria o time do Fluminense de uma forma muito simples, no clássico 4-2-2-2. Necessitando de maior ofensividade, tanto Jaílton quanto Wellington Monteiro podem fazer o papel de terceiro zagueiro, mas acredito que com o próprio Jaílton de volante ao lado de Diguinho, a liberdade de Leandro, Conca e Leandro Domingues estará garantida.

O meu time que inicia o campeonato não conta com os pratas-da-casa, mas as chances para os garotos devem ser prioridades.


2 comentários:

  1. Meu querido! Quanto tempo. Gostei do blog e principalmente do assunto tratado. Muito boa a tua opinião sobre meu tricolor, mas foi vergonhosa a comparação de Leandro (ex Palmeiras) com Juan! Francamente! hahahaha

    Um beijo!
    E saudações tricolores.

    ResponderExcluir
  2. Fabiano de Alencar da Conceição24 de janeiro de 2009 13:16

    Olha Diano você tá parecendo o PVC com essa pranchetinha!!!!!!!! HAHAHAHAHAHAHAHAHHA

    Mas deixando as brincadeiras de lado, acho que o Renê vai se dar bem com o esquema 4-3-1-2 tirando o Leandro Domingues colocando o Romeu recuado,liberando o Diguinho pra sair para o jogo como fez com o Arouca ano passado nas últimas rodadas do Brasileirão 2008 para ajudar o Conca na criação e também voltando para marcar.

    Sobre o Leandro, na minha opinião ele é um jogador de comum, ou seja, jogador que só funciona em time entrosado e que o treinador o exige empenho. Por isso, ele só jogou bem com Luxemburgo.

    ResponderExcluir