terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

QUINTA RODADA DA TAÇA GUANABARA 2009 - FLUMINENSE X VASCO

Olá amigos do FUTEBOLA.

Após assistir, na íntegra, ao clássico Fluminense x Vasco, me sinto confortável para opinar. Como dito antes, devido a chuva que caiu durante o jogo, não consegui assistir ao primeiro tempo, ao vivo, pois o sinal da trasmissão caiu. Graças ao reprise, podemos ir ao que interessa e falar da partida.

MANDOU BEM!

- Os laterais vascaínos fizeram excelente partida, tanto defensiva quanto ofensivamente. Paulo Sérgio, pela direita, esteve bem, como de costume, nas bolas paradas e correu demais. Pelo lado esquerdo, Ramón se destacou ao ponto de ser o melhor homem em campo. Após fazer uma bela primeira etapa, voltou para o segundo tempo voando. Se Alex Teixeira não tivesse sido expulso no início do 2º tempo, talvez a participação ofensiva do lateral-esquerdo vascaíno fosse ainda melhor. O que tenho percebido, porém, é que tanto Paulo Sérgio quanto Ramón, estão sem companhia, conseguindo as jogadas quase sempre na individualidade.

- Dois volantes tiveram boas atuações no clássico. Pelo lado tricolor Diguinho e pelo lado vascaíno Nílton. Diguinho, que até no banco já foi colocado por René Simões, enfim mostrou um pouco de sua qualidade. Sempre presente na marcação, ao roubar uma bola em seu campo ele não utiliza o famoso e inútil chutão para frente. No Botafogo ele era excelente para fazer o papel de transição defesa-ataque, e nesta partida, mostrou que pode fazer isso pelo Fluminense também. Já o cruzmaltino Nílton manteve a média de boas apresentações. Assim como toda sua equipe, ele mostrou muita raça e é raro vê-lo perder uma dividida. Em suas boas atuações, estou sentindo falta apenas de seus potentes chutes longos.

- Muito legal a atitude do Thiago Neves. Claramente fora de forma e de ritmo de jogo, ele poderia passar uma ou duas semaninhas treinando antes de entrar em campo, porém, mostrou vontade de ajudar ao participar de mais da metade do clássico. Sua atuação não foi destacada, mas, sua inteligência e pensamento rápido foram vistos em alguns esporádicos lances. Esta vontade, aliada a sua qualidade técnica, será muito útil na formação desta nova equipe tricolor. O problema é que ele ficará por pouco tempo e o time pode sofrer depois, assim como o Flamengo em 2008, que após se estruturar, perdeu seus atacantes. O rubro-negro, no caso, demorou cerca de 2 meses para encontrar novamente o equilíbrio. Ainda é cedo, mas seria bom o Fluminense pensar nas opções para suprir a ausência de Thiago.

MANDOU MAL!

- Leandro Amaral sofreu, durante todo o primeiro tempo do clássico, marcação individual de seu xará, o volante Amaral. O atacante quase nada pode criar pelo simples fato de que, a cada bola recebida, sofria uma falta. Em casos assim que me vem a mente a idéia de limitar o número de faltas por cada atleta. É inadmissível o Amaral cometer o número de faltas que cometeu e sair de campo impune. Ao sair para o intervalo da partida, Leandro foi entrevistado com um visível arranhão no pescoço. Ossos do ofício? Não deveria ser para um jogador de futebol.

- Se, pela atuação na partida, os laterais do Vasco estão de parabéns, os do Fluminense merecem puxões de orelha. Uma vez mais Leandro passou longe de ser aquele jogador útil dos tempos de Palmeiras. Sua falta de ofensividade está limitando até a atuação do Conca. O meia argentino tem enorme facilidade de usar os avanços dos laterias para fazer jogadas, mas Leandro, até agora, parece estar se escondendo. Quanto à Wellington Monteiro, parece que até René Simões se cansou. O lateral-direito tricolor tem falhado constantemente ao longo do campeonato e nada, absolutamente nada, de útil faz no ataque. No início da 2ª etapa do clássico, o vascaíno Ramón o deixou duas vezes comendo poeira em apenas 8 minutos. Aos 9 minutos, René percebeu que a situação estava difícil e o substituiu por Mariano., que se não foi espetacular, esteve longe da péssima atuação de Wellington.

2 comentários:

  1. Grande diano!!!

    demorei pra voltar a ler seu blog de novo mas foi por falta de tempo!!!
    adorei a idéia de voçê escrever usando esse canl!!!
    já é um inicio...
    Só não quero que quando você estiver na espn brasil voçê esqueça dos amigos hein!!!

    mas vamos aos comentários:
    eu não vi o classico! mas pelo visto não perdi muito! odeio 0 a 0!!!

    mas fiquei muito feliz pelo thiago neves voltar! mais um craque no rio!!
    porque na minha opnião cara!! nunca foi tao gritante a discrepância entre rio e sao paulo!
    e sul!!
    e cruzeiro!hehe!!!

    e olha o Fredão chegando ae hein!!! mais um hein!!! fluzão se pegar um técnico vai ficar chato! porque mario broos é foda!!!hehe!
    mó técnico de mulher!!

    é isso cara!! continue ae postando suas opniões que agente discute por aqui!!
    Abraço!!

    ResponderExcluir
  2. FABIANO DE ALENCAR DA CONCEIÇÃO11 de fevereiro de 2009 13:32

    Diano Velho de guerra!!!!

    O clássico das multidões foi duro de assistir, mesmo o Fluminense tendo maior volume de jogo visívilmente ainda está com problemas: técnico, físico e de entrosamento. A proposta do Vasco era de jogar pelo empate, por ter um time técnicamente mais fraco e o resultado a seu favor em relação ao seu rival que acabou dando certo.

    Agora o tricolor das Laranjeiras só resta ganhar e rezar nessas últimas rodadas.

    ResponderExcluir