sexta-feira, 6 de novembro de 2009

COPA SUL-AMERICANA – QUARTAS-DE-FINAL

Universidad 0 x 1 Fluminense – Santa Laura, Santiago (CHI)

Com a vitória sobre o Universidad, no acanhado e lotado Santa Laura, o Fluminense se classificou para a fase semi-final da Sul-Americana e manteve sua sequência de resultados positivos.

Apresentando uma segurança que anda passando longe das Laranjeiras, o Fluminense dominou a equipe do Universidad, controlou toda a partida e merecia até vencer por uma maior diferença de gols. Com uma ótima marcação pressão e o ponta Maicon se movimentando por todo o campo, o Flu poderia ter aberto o placar logo no início do jogo. Aos 10 minutos, Fred e Maicon tabelaram e o último, após driblar o goleiro, perdeu o ângulo para o chute. Dois minutos mais tarde, Maicon realizou outra grande jogada e deixou Fred livre para marcar, porém grandes atacantes também desperdiçam claras oportunidades de gols e o Fred chutou longe. Comprovando a grande movimentação de Maicon, aos 25 minutos, Mariano realizou linda jogada pela direita e cruzou a pelota que foi encontrar Maicon na esquerda e, dessa vez, a jovem revelação tricolor perdeu uma claríssima oportunidade de balançar as redes. O 1º tempo seguiu com o Flu dominando, apesar de não ter levado mais muito perigo ao gol do bom arqueiro Pinto. Pelo lado da Universidad, apenas um bom ataque que contou com a ajuda do bandeira, que não assinalou posição ilegal de Rojas que, por sua vez, errou o arremate cara a cara com Rafael.

Após o intervalo o Flu voltou com a mesma pegada e força ofensiva. Com menos de 2 minutos, Maicon, pela direita, cruzou uma perfeita bola para Marquinhos, que acertou dois belos chutes, porém ambos bateram na defesa adversária. Apesar de o Universidad ter tentado um pouco se manter no ataque, essa era uma partida de uma só equipe: do Flu. Aos 15 minutos, nova chance do Tricolor com a dupla Conca e Maicon e nada de rede balançada. Entretanto, aos 32, após lindo drible de Conca na meiúca, a bola chegou aos pés de Maicon e, depois de um perfeito cruzamento do ponta – que nessa partida foi ponta-direita/esquerda – e de uma mais perfeita ainda cabeçada de Fred, o Fluzão enfim sacudiu o filó. Era o gol da classificação. Até o fim do jogo, o Flu, inteligentemente, não recuou e abdicou o ataque, e o Universidad, covardemente, passou a cometer falta atrás de falta. Queria dar um destaque especial para a atuação do Maicon. Tudo bem que Fred foi decisivo com seu impecável faro de gol e o Conca, mais uma vez, mostrou toda sua categoria. Porém, revejam as 6 chances de gols citadas que o Fluminense criou e notem a semelhança entre elas. Pois é, o Maicon participou de todas.

Com a classificação garantida e ainda mais moral, o Fluminense volta as atenções para o Brasileirão. Amigos, chego a me arrepiar de pensar no nosso Campeonato, reparem nessa questão: domingo, Maracanã com mais de 80 mil tricolores, o Fluminense não perdeu as últimas 8 partidas e Fred marcou 7 gols nos últimos 7 jogos. Alguém acha loucura falar que, diante do líder Palmeiras, o vice-lanterna Fluminense é o favorito?

2 comentários:

  1. FABIANO DE ALENCAR DA CONCEIÇÃO8 de novembro de 2009 12:30

    Diano velho de guerra!!!

    O Fluminense fez a maior partida do ano até agora. O trio Conca, Maicon e Fred tão arrebentando a boca do balão. Se continuar assim o Tricolor das Laranjeiras tem grnades chances de ser campeão da Sulamericana e talvez até escapar da zona do inferno.

    ResponderExcluir
  2. Salve Diano, quanto tempo meu garoto. Excelente descrição da partida. Espero que fales mais do meu Flu, ademais, parabéns pelo modo diferente da escritaa, porque esses jornalistas clichê não consegue produzir uma matéria decente. Chega a dar canseira ao lê-las.
    Grande abraço e mande um abraço para o Assis.

    ResponderExcluir