quinta-feira, 15 de abril de 2010

COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA 2010 - 1ª FASE

Universidad Católica 2 x 0 Flamengo – San Carlos de Apoquindo, Santiago (CHI)

Em uma partida que devia ser tratada como uma final pelo Flamengo, o Rubro-Negro preferiu passear em campo e deixou a decisão de sua classificação, que agora não depende mais apenas de suas próprias forças, para a última rodada.

Posso estar enganado e acredito que muitos irão discordar de minha opinião, porém acredito que Adriano e Kléberson são responsáveis diretos por esta atuação ridícula do Flamengo em Santiago. Mas se eles nem jogaram, como podem ser culpados? Explico. Para mim, toda esta apatia que o Flamengo apresentou em campo tem relação direta com as recentes atitudes de Adriano, como não estar se esforçando nem um pouco para entrar em campo em jogos de extrema importância e, quando presente, não demonstrar nenhuma felicidade por estar ali. O fato de não estar comemorando os gols que marca é o claro exemplo da apatia do “Imperador”. Lembram quando, em 2002, o centroavante Luizão utilizou o Grêmio para se recuperar de lesão e ir para a Copa do Mundo? O mesmo parece estar acontecendo no momento com o volante Kléberson, que claramente não está com a cabeça no Flamengo. Este ano não foram raras as vezes em que ele evitou dividir bolas com o medo de se contundir e, devido à esta falta de profissionalismo, seu futebol caiu absurdamente, sendo o Flamengo o maior prejudicado. Se dois dos principais jogadores do Flamengo, justamente os que estão (estavam?) mais perto de disputar a Copa do Mundo, demonstram tamanha apatia, nada mais normal do que os companheiros serem contagiados. Pode até ser que nos próximos jogos, mais importantes até do que os últimos, o Flamengo amarre as chuteiras com as veias e mostre a raça que os torcedores admiram, entretanto não é o que eu acredito que irá ocorrer.

Falando sobre o duelo em Santiago, o Flamengo foi literalmente engolido pela Universidad Católica. Se os chilenos entravam em campo como franco atiradores, pois é quase impossível eles conseguirem se classificar, a situação deles ficou ainda mais tranquila após abrirem o placar logo aos 2 minutos. Em uma jogada iniciada e finalizada pelo argentino Díaz, que para variar contou com a colaboração da estabanada defesa rubro-negra, a Universidad abriu o placar e pôde atuar o restante da partida leve como uma pluma. Com dois meias muito técnicos e criativos, o próprio Díaz e Mirosevic, a Universidad usou e abusou da fragilidade defensiva do Fla para criar oportunidades de gols. E não foram só os habilidosos meias que infernizaram o goleiro Bruno. O participativo centroavante Morales e os alas Valenzuela, presença constante no campo de ataque, e Silva, autor do segundo gol, no fim do 1º tempo, se juntavam à Díaz e Mirosevic e o Flamengo não tinha nem idéia de como impedir a avalanche de oportunidades criadas. Vale muito ressaltar que, apesar de não estarem realizando uma partida decisiva, a Universidad teve uma atuação de altíssimo nível em todos os aspectos. Tanto tecnicamente quanto taticamente os chilenos deram um banho de bola no Flamengo.

Após o intervalo, Andrade tentou modificar a postura do Flamengo com as entradas de Vinícius Pacheco e Fierro nos lugares de Petkovic e Willians, porém a equipe não evoluiu muito. Melhorou um pouquinho, mas os contra-golpes chilenos levavam mais perigo ao Bruno do que os ataques rubro-negros aos goleiro Garcés. Na principal chance flamenguista Juan acertou um chute cruzado na trave, porém logo depois os chilenos responderam com uma tabela entre Días e Mirosevic que Morales chutou para a fora após receber a pelota a uma distância de alguns palmos do gol. Placar final: Universidad Católica 2 x 0 Flamengo. Merecidíssimo.

A próxima semana talvez seja a mais importante do ano para o Flamengo. Andrade e seus comandados devem entender isso o mais rápido possível, ou a Gávea irá tremer.

JOGADA RÁPIDA!

Vasco e Fluminense conquistaram importantes vitórias fora de casa na Copa do Brasil contra, respectivamente, Corinthians-PR e Portuguesa. Após a eliminação no Carioca, encaminhar a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil foi o melhor que poderia acontecer à dupla.

Um comentário:

  1. quero ver falar agora q o fla eh Hexa!!!hauahuahauhau
    vlw

    ResponderExcluir