quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

PAPO CABEÇA - CHUTE CERTO DA PRESIDENTE DILMA.

Olá amigos do FUTEBOLA!

Como ocorre com todos os Presidentes eleitos, Dilma Rousseff está tendo trabalho para montar sua, digamos, máquina pública. Escolher os ministros e os comandantes das estatais, por exemplo, não é tarefa das mais fáceis. É partido querendo o Ministério X ou reclamando mais pastas do que a Presidente pretende dar, tem senador eleito cobrando pelo apoio dado na campanha eleitoral, tem quem apoiou o candidato derrotado dizendo que isso é coisa do passado e querendo uma vaguinha...

No meio deste intenso jogo político, a Presidente Dilma parece que está marcando o seu primeiro gol, antes mesmo de subir a rampa em Brasília. Explico o porquê. Sede da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016, o Brasil precisa urgentemente de investimentos em infra-estrutura aeroviária. O nível atual dos nossos aeroportos está longe, mas muito longe do ideal para a realização de eventos do porte de um Mundial e das Olimpíadas. Por este motivo, a Infraero, estatal responsável pela administração de praticamente todos os nossos grandes aeroportos, terá no ano de 2011 um orçamento de R$ 1,2 bilhão. Diante deste panorama, muitos políticos cresceram o olho para o comando da estatal e ela passou a ser mais valorizada na montagem da máquina política de Dilma.

No entanto, a Presidente está mais do que inclinada a escolher para o comando da Infraero um executivo com as devidas qualidades para colocar ordem na casa, ou seja, o comando da Infraero não fará parte do jogo político citado linhas acima. A Infraero será um dos principais pilares para organizarmos eventos esportivos com a qualidade que eles merecem e, para isso, precisa ser liderada por alguém que entenda do assunto, não ser utilizada como moeda de troca com políticos que não possuem as qualidades profissionais que o cargo exige. Esperamos que a Presidente escolha um nome que tenha todos os atributos que o cargo necessita e que o dinheiro seja bem utilizado.

5 comentários:

  1. Bom tomara que você esteja certo!

    Realmente a Infraero é uma empresa do governo importantíssima para a Infraestrutura do país sede da Copa e Olimpíadas. Seria lastimável e preocupante caso ela fizesse parte do jogo político brasileiro.

    ResponderExcluir
  2. Muito bem colocado, Diano. Essas exigências deveriam ser usadas para todas as pastas, mas sabemos que não é possível. Uma alternativa que circula a muito tempo mas não é explanada pelo PT é a possibilidade de privatização dos aeroportos. Talvez seja mais um motivo pela qual a Presidente Dilma esteja escolhendo a dedo o futuro comandante da Infraero. Mas isso só o tempo dirá. Só de saber que o PMDB não vai se agarrar a mais uma pasta gratuitamente já é motivo de comemoração. Excelente artigo.

    ResponderExcluir
  3. É muito talento. Leu a parte de política do jornal e já tá dando pitacos perfeitos sobre o setor.

    O céu é o limite...

    ResponderExcluir
  4. Peraí...Gabriel CoÊlho? com acento?
    deve ser parente meu! \o/

    ResponderExcluir
  5. José Carlos (Carlinhos)11 de dezembro de 2010 20:43

    Grande Diano, seu artigo está excelente. Há pouco mais de um mês fui pegar Vívian e João, que retornavam da Argentina e desembarcaram no terminal 2 do Aeroporto Tom Jobin (Galeão). Pude constatar o estado lastimável desse aeroporto. Goteiras no meio do saguão sendo aparadas com baldes de plástico colocados pelo pessoal da limpeza. Como sou eleitor da Dilma, confio que ela e, boa administradora que é, saberá escolher um bom nome para o cargo. Forte abraço. Carlinhos (pai da Thís)

    ResponderExcluir